DOM - Diário Oficial do Município
Thursday, March 19, 2020
Ano XXVI - Edição N.: 5978
Poder Executivo
AA-Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania - CMI-BH

ATA DA 242ª PLENÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO

DE BELO HORIZONTE


Aos dias 20 de janeiro de 2020, às 9h30, ocorreu a 242ª Plenária do Conselho Municipal do Idoso (CMI) de Belo Horizonte, na Avenida Afonso Pena, nº 342, Centro. A mesa da Plenária foi composta pela diretoria: a presidente Fernanda Mara Carvalho de Matos, a vice-presidente Renata Martins, a 1ª secretária Marcela Giovanna e 2ª secretária Marcella Aguiar, a plenária contou com 74 participantes entre membros titulares e suplentes do CMI, representantes da sociedade civil e poder público. Fernanda Matos declarou aberta a 242ª Plenária, a primeira do ano de 2020, dando boas-vindas a todos e todas e apresentou a pauta: Informes, Aprovação da Ata 241ª, Plano de Aplicação FUMID 2020, Matéria da comissão de seleção, Cronogramas 2020 (publicação de entrega de projetos) e últimos Informes. INFORMES: Fernanda afirmou que o mês de dezembro foi de muito trabalho devido a captação de recursos. Informou que houve a captação de mais de R$ 25 milhões, sendo que no ano de 2018 o valor foi de R$ 12 milhões. Esses números colocam o CMI-BH como o segundo Conselho que mais capta recurso no país. Isso, afirmou, traz uma responsabilidade ao órgão que tem que fazer o “trabalho funcionar”, os projetos têm que serem executados e os idosos precisam serem colocados como os protagonistas. Para tal, Fernanda comentou que o Conselho precisa se planejar para 2020 com articulações com a PBH e organização da equipe de colaboradores. A presidente informou que a servidora Sandra Mallet não faz mais parte do Conselho e apresentou aos participantes da plenária a equipe do órgão: Júlia (nova colaboradora), Hélio, Beatriz, Kelly e Pedro - este último não integra a equipe, mas colaborou para a elaboração do Plano de Aplicação, como também na criação de procedimentos internos. Fernanda informou também que o CMI está sem a secretária executiva, por isso a plenária teve que ser adiada, ainda mais com o processo de captação em andamento e o volume de demandas que ele gerou. Fala ainda sobre o intuito da mesa diretora em dar respostas rápidas, assessorar as comissões, promover um Conselho dinâmico, estabelecer um relacionamento com as empresas doadoras e que o planejamento vem para isso. Reforçou que 20% do recurso captado ficará para o FUMID, o que traz uma grande responsabilidade e a importância de um diálogo aberto e transparente. Em seguida, as demais representantes da mesa deram boas-vindas aos presentes e Marcela Giovanna, em sua fala, parabenizou as Comissões e fez um apelo para os membros que não têm participado das reuniões se posicionarem. Após isso, iniciou-se a discussão das pautas. Aprovação da ata 241ª: A partir do regime de votação conduzida pela Fernanda Carvalho, a ata foi aprovada com 20 votos e 2 abstenções. Plano de Aplicação FUMID 2020 - Para a apresentação do Plano de Aplicação, Fernanda passou a palavra para a Júlia, que explicou que o plano é um documento institucional para detalhar a distribuição de recursos do Fundo nas áreas levantadas nas plenárias, na conferência do idoso e nas demandas apresentadas pelos conselheiros. O documento contém: informações sobre a carteira de projetos, o volume de recursos captados, a estimativa de recursos disponíveis e o direcionamento dos recursos para ações específicas. Ressaltou que o Plano de Aplicação não tem o objetivo de prestação de contas. Em seguida, a palavra foi passada para o Pedro realizar a leitura do Plano que estava sendo exposto em slides. Antes ele explicou ainda que o documento é um relatório gerencial, que informa sobre as deliberações do recurso e é um retrato do que tem na conta e como o valor será usado. Reforçou ainda que o documento não é definitivo e pode sofrer alterações futuras. Logo iniciou-se a sua leitura e Pedro apontou que o início do documento apresenta a resolução e as leis com os “Considerandos” e os “Resolves” com os artigos. Como o documento foi enviado a todos por e-mail, achou-se desnecessária a leitura de todos os itens. Logo, passou-se pela “Introdução”, item 1 do Plano, que não teve ressalvas dos presentes. No item 2: “Vínculos Administrativos”, Marcella Aguiar sugeriu que o endereço e telefone sejam retirados. No item 3 foram lidas as duas contas correntes do FUMID, sendo que apenas uma delas pode ser recebido o depósito de recursos. A mesa fez uma consideração que o valor total em caixa, R$ 51.635.505,41, é superior ao que muitas secretarias recebem. Esclareceu ainda que a soma diz sobre recursos que já estão comprometidos e o valor captado em dezembro, cerca de R$ 25.800,00. O Plano de Execução será votado na próxima plenária, no dia 10 de março. O cronograma será construído após a deliberação do Plano de Aplicação. Diante de alguns questionamentos, Fernanda esclareceu ainda que na aprovação do Plano de Aplicação não será feita nenhuma deliberação em relação aos valores dos projetos captados. Esse fluxo, explicou, passa pela PBH. Pedro retomou a palavra e fez a leitura do item 4: “Detalhamento da aplicação dos recursos – exercícios 2020”:


Ação 2.697 – Promoção e Garantia de Direitos da Pessoa Idosa

Subação 0001 – Participação da Pessoa Idosa em Atividades em Prol do Envelhecimento Ativo, Digno e Saudável no CRPI

Atividades

Valor (R$)

Cobertura do Centro de Referência da Pessoa Idosa

R$610.000,00

Estruturação do Centro de Referência da Pessoa Idosa

R$84.372,89

Voz e Violão - Despertando Talentos – Centro de Referência da Pessoa Idosa

R$42.074,14

TOTAL

R$736.447,03


Não tiveram ponderações por parte dos presentes. Pedro retomou com a leitura da Subação 0002.


Ação 2.697 – Promoção e Garantia de Direitos da Pessoa Idosa

Subação 0002 – Apoio a Projetos de Promoção, Proteção e Atenção à Pessoa Idosa

Edital 01/17

Entidade/Órgão

Projeto

Valor (R$)

Associação Comunitária do Bairro Nova Gameleira e Adjacências

BH Melhor Vida

R$ 586.665,34


Associação Paulo de Tarso

Promoção da Segurança em Saúde ao Idosos Frágil, Hospitalizado e Residente em ILPI (Aditivo)

R$120.000,00

Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS

Rede CEmais 3i - II: Fortalecimento da Rede de Gestão das ILPIs e Grupos de Convivência em Belo Horizonte (Aditivo)

R$240.662,28

Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - FUNDEP

Saberes do Envelhecimento

R$35.922,40

Grupo Cultural Meninas de Sinhá

Meninas de Sinhá - Música Que Transforma

R$136.375,49

Instituto Ânima Sociesc de Inovação, Pesquisa e Cultura

Rede de Apoio ao Envelhecimento Ativo

R$1.100.800,00

Instituto CEASAMINAS

Distribuição de Alimentos à Pessoa Idosa - Belo Horizonte (Aditivo)

R$227.184,80

Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus

60 na Janelinha

R$89.600,00

SUBTOTAL

R$2.537.210,31

Edital 01/18

Entidade/Órgão

Projeto

Valor (R$)

Ação Social Villaregia

Laços: Convivência Familiar e Fortalecimento da Rede Comunitária

R$259.425,80

Associação Cruz de Malta

Com - Viver com Qualidade

R$400.000,00

Associação Quimera

Educação Continuada na ILPI

R$130.278,48

Beneficência Franciscana Centro Geriátrico Lar Frei Zacarias

Projeto de Modernização do Elevador e Melhorias no Centro Geriátrico Lar Frei Zacarias

R$80.000,00

CDM - Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana

Idoso "IN foco"

R$123.890,38

Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS

Caleidoscópio - Monitoramento de Projetos

R$349.626,40

Diretoria de Políticas para a População LGBT/ Subsecretaria de Direito e Cidadania - SUDC

Envelhecimento da População LGBT em Belo Horizonte: Diagnóstico sobre o Longeviver e o Acesso aos Serviços Públicos Municipais

R$298.345,00

Diretoria de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial - DPIR

Chá de Whatsapp

R$400.000,00

Diretoria de Políticas para Mulheres

Direito das Mulheres e Violências Geracionais: Diagnóstico sobre o Panorama das Violências Vivenciadas pelas Mulheres Idosas

R$200.000,00

Fundação Cultural dos Profissionais da Educação de Minas Gerais

Desenvolvimento de Metodologia de Realização de Curso/Oficina para a Inclusão Digital de Pessoas Idosas

R$239.350,00

Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa - FUNDEP

Avaliação e Proposição de Novas Metodologias na Abordagem à Saúde Mental da Pessoa Idosa na Atenção Primária à Saúde no Município de Belo Horizonte

R$350.000,00

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas Administrativas e Contábeis de Minas Gerias - IPEAD

Efeitos do Exercício Físico sobre a Experiência de Idosos de Belo Horizonte em Risco e Situação de Fragilidade

R$400.000,00

Fundação Oásis - Casa das Vovós

Projeto Interagir

R$149.649,00

Grupo de Convivência da 3ª Idade Turminha Alegre

Envelhecimento Ativo: Corpo e Mente Saudável pela Prática do Saber e Fazer

R$132.258,96

Instituto de Promoção Social Darcy Ribeiro

Promoção da Saúde e Bem-Estar do Idoso com Trajetória de Vida nas Ruas, acolhidos nos Abrigos e Albergues de Belo Horizonte

R$30.741,32

Instituto HAHAHA

Riso para todos! Intervenções Artísticas para o Público Idoso Hospitalizado

R$152.598,00

Lar das Idosas Santa Gema Galgani

Reforma do Telhado do Refeitório e Câmeras

R$11.460,00

Lar dos Idosos Nossa Senhora da Saúde -SSVP

Humanização e Conforto - Troca do Telhado por Cobertura de Laje e Telhas Sanduíche

R$181.114,78

Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus

Reformando Nosso Lar

R$185.954,41

Rede Longevidade

Plataforma de Educação para a Longevidade - Rede Viver Bem

R$217.192,00

Secretaria Municipal de Cultura

História de Vida

R$400.000,00

Secretaria Municipal de Obras e Infraestruturas

Reestruturação do Ambiente Físico de ILPIs no Município de BH

R$3.000.000,00

Sociedade Comunitária Social Cultural Assistencial do Bairro e Vila Vista Alegre e Adjacências / Grupo Raio de Luz

A Arte de Envelhecer com Qualidade de Vida

R$125.988,86

SUBTOTAL

R$7.817.873,39

Edital 02/18

Entidade/Órgão

Projeto

Valor (R$)

Associação de Resgate da Dignidade Humana Providência Divina - Lar dos Idosos São José

A Hidroterapia para o Envelhecimento Saudável como parte da Humanização do Acolhimento do Idoso

R$608.000,00

Associação Mantenedora do Museu de Minas e do Metal

Experimenta 60+

R$40.910,10

Associação Paulo de Tarso

Hospital Modelo de Assistência ao Idoso: Melhorias na Infraestrutura de Atendimento ao Idoso

R$865.761,16

Associação Paulo de Tarso

Hospital Modelo de Assistência ao Idoso: Melhorias na Infraestrutura de Atendimento ao Idoso (Aditivo)

R$2.548.771,86

CDM - Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana

Troca de Olhares

R$153.632,84

Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS

Caleidoscópio: Longevidade em BH

R$300.801,50

Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS

Caleidoscópio: Longevidade em BH (Aditivo)

R$1.342.532,95

Grupo Cultural Meninas de Sinhá

Primeiro Encontro Longeviver

R$61.274,96

Grupo Cultural Meninas de Sinhá

Primeiro Encontro Longeviver (Aditivo)

R$198.180,80

Instituto Ãnima Sociesc de Inovação, Pesquisa e Cultura

A Terceira Idade Faz, Conhece, Aprende e Joga - ANO II

R$1.210.526,18

Instituto Ãnima Sociesc de Inovação, Pesquisa e Cultura

A Terceira Idade Faz, Conhece, Aprende e Joga - ANO II (Aditivo)

R$922.634,58

Instituto Geriátrico Afonso Pena – IGAP Santa Casa BH

Adequação da Acessibilidade do Instituto Geriátrico Afonso Pena

R$689.027,16

Instituto HAHAHA

Riso para todos

R$516.000,00

IPPE - Instituto de Pesquisa e Projetos Empreendedores

Empreendedorismo na Melhor Idade: Valorização do Conhecimento da Maturidade

R$5.400.520,02

Lar dos Idosos Recanto dos Amigos

Usina Fotovoltaica

R$80.000,00

Lar dos Idosos Santo Antônio de Pádua

Múltiplo Olhar: Requalificação do Lar

R$330.000,00

Lar dos Idosos Santo Antônio de Pádua

Múltiplo Olhar: Requalificação do Lar (Aditivo)

R$988.133,58

Rede Longevidade

Plataforma de Educação para a Longevidade - Rede Viver Bem

R$474.192,00

SUBTOTAL

R$16.730.899,69

Edital 01/19

Entidade/Órgão

Projeto

Valor (R$)

Associação Comunitária do Bairro Nova Gameleira e Adjacências

Gentileza Digital

R$1.031.200,00

Associação de Resgate da Dignidade Humana Providência Divina - Lar dos Idosos São José

Projeto Completo de Adequação da Segurança Contra Incêndio e Pânico do Lar dos Idosos São José

R$820.303,94

CDM - Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana

Saber Viver

R$640.000,00

Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais - CEMAIS

Rede CEmais 3i - Fortalecimento da Rede de Gestão das ILPIs

R$1.613.934,06

FRED - Uma Alternativa a Reintegração

Artes e Tramas com a Terceira Idade

R$181.065,60

Grupo Cultural Meninas de Sinhá

Sabor da Memória

R$972.380,35

Instituto Geriátrico Afonso Pena - IGAP Santa Casa BH

De Casa Nova - Adequação dos Mobiliários do IGAP

R$294.033,03

Instituto HAHAHA

Minha História Virou Arte

R$761.440,00

Lar Cristo Rei

Ambiência e Qualidade de Vida em ILPI

R$800,00

Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus

Aconchego e Bem-Estar

R$28.320,00

PROVIDENS Ação Social Arquidiocesano

Solicitudes - Atenção Integral ao Idoso

R$920.384,70

Rede Cidadã

Rede Sênior - Protagonismo no Mundo do Trabalho

R$446.400,00

Rede Longevidade

Plataforma de Educação para a Longevidade: Novas Jornadas

R$50.000,00

SUBTOTAL

R$7.760.261,68

Provisões

Edital 01/20 - Chamamento Público para utilização do saldo - Exclusivo para a sociedade civil


R$6.000.000,00

Depósitos Aguardando Indicação de Destinação Fiscal

R$49.745,69

SUBTOTAL

R$6.049.745,69

Governamentais

Entidade/Órgão

Projeto

Valor (R$)

Subsecretaria Municipal de Assistência Social

Centro Dia do Idoso

R$4.140.731,37

Subsecretaria Municipal de Direitos e Cidadania

Rede Recicle

R$1.125.000,00

Secretaria Municipal de Esportes

Alegria de Viver

R$71.558,90

SUBTOTAL

R$5.337.290,27


Após a leitura, uma das conselheiras presentes questionou a transferência do valor que seria para a construção de uma quadra no Barreiro para o Centro Dia do Idoso, na mesma localidade. Fernanda Carvalho questionou que isso foi votado em plenária e publicado no DOM. Logo após as pontuações, Fernanda começou a leitura com explicações de cada item da Subação 0004 que, de acordo com ela, visam a instrumentalização e capacitação do Conselho, e a realização de eventos em prol da visibilidade da pessoa idosa.


Ação 2.697 – Promoção e Garantia de Direitos da Pessoa Idosa

Subação 0004 – Apoio às atividades e iniciativas de promoção de direitos da população Idosa

Atividades

Valor (R$)

Capacitação de OSCs - Captação para FUMID

R$8.935,50

Capacitação de OSCs - Elaboração de propostas para o FUMID

R$8.935,50

Capacitação de OSCs - Proposta de trabalho (parceria com o GGPAR)

R$8.935,50

Implantação de Sistema de Gerenciamento de Projetos/Processos do CMI

R$780.000,00

Campanha de Enfrentamento à Violência contra a Pessoa Idosa

R$33.285,00

Semana de Valorização da Pessoa Idosa

R$45.960,00

EnvelheSer em BH

R$49.761,00

Capacitação de Conselheiros do Idoso

R$3.964,00

Apoio aos Fóruns Regionais de Direito

R$43.065,00

Cartilha Casa Segura da Pessoa Idosa

R$10.000,00

Formação de Conselheiros e Interessados

R$3.721,50

Capacitação sobre a Política do Idoso

R$7.174,40

Elaboração de cartilha contendo Estatuto do Idoso, Informações sobre o CMI-BH, Participação da Sociedade Civil e Poder Público.

R$82.500,00

Apoio às Plenárias do Conselho

R$10.542,00

Seminário - Dia do Idoso

R$111.473,00

Ações a definir para as ILPIs conveniadas

R$1.000.000,00

Capacitação - Power BI e Canva

R$32.000,00

Consultoria para Instrumentalização dos Processos do CMI

R$100.000,00

Criação de uma plataforma - Mapeamento e Resultados dos projetos com recursos do FUMID na cidade

R$350.000,00

Seminário - Resultados de 2020

R$29.899,00

Diagnóstico das ILPIs com Fins Lucrativos na Cidade

R$850.000,00

Campanha sobre a Importância de Inscrever no CMI/BH

R$35.950,00

SUBTOTAL

R$3.606.101,40

TOTAL

R$50.575.829,46


Após a leitura, foi aberto para perguntas dos presentes: A conselheira Marcela elogiou o documento apresentado, mas questionou a diferença de valores das capacitações e também alegou que R$ 850 mil reais é um valor alto para o Diagnóstico das ILPI’s com fins lucrativos. A conselheira Karla, por sua vez, elogiou a seriedade da mesa e a transparência apresentada, afirmou que o CMI realmente precisa se profissionalizar e destacou a importância de criar mecanismos de monitoramento da violência, já sobre o valor de ações para as ILPI’s filantrópicas diz que é necessário incluir todas não somente as parceirizadas com a PBH, questionou ainda o recurso de mapeamento das ILPI’s privadas. Disse que esse valor pode ser usado em prol as instituições filantrópicas. Uma conselheira afirmou que gostaria que a cartilha fosse produzida em material de boa qualidade e reforçou a fala da Karla sobre o monitoramento da violência contra a pessoa idosa. Silvania pergunta à Renata Martins como o CMI irá “comungar” com o CREAS sobre a violência. A Renata responde, no mesmo momento, que a Diretoria de Políticas para a Pessoa Idosa e o CMI já estão em processo para o acompanhamento de denúncias vindas do Disque 100. Demais presentes perguntam se o Conselho Local não será colocado em pauta, como será a construção da cartilha e quem irá fiscalizar as instituições não conveniadas. Com o fim das indagações, Fernanda tomou a palavra e iniciou os esclarecimentos: os valores das capacitações foram definidos de acordo com a quantidade do público, mas pode ser padronizado; concordou que a proposta de diagnóstico das ILPI’s com fins lucrativos não foi bem elaborada e afirma que ela pode ser retirada do Plano e voltar para o saldo; alegou ainda que no sistema que está sendo proposto abordará a questão da violência e esquematização dos processos vão entrar, cada módulo será desenhado para atender a temática que ele tratará; esclareceu que todas as ILPI’s sem fins lucrativos serão contempladas e não somente as instituições parceirizadas e que a cartilha será produzida no melhor material possível, seguindo o estatuto e que todos podem contribuir para a sua elaboração via a Comissão de Políticas Públicas, responsável por tal ação; sobre o Conselho Local do Idoso alegou que está nas demandas expostas mais especificamente nas capacitações dos Fóruns, mas há a necessidade de estudo de viabilidade para trazê-lo na plenária; finalizou dizendo que será verificado como se darão as ações com as ILPI’s filantrópicas parceirizadas ou não. Após os esclarecimentos, como foi decidido, Fernanda abriu votação para resolver as indagações sobre o Diagnóstico das ILPI’s com fins econômicos perguntando quem era a favor que o recurso destinado a ele, R$850 mil, fosse repassado para as ILPI’s filantrópicas e quem preferiria que o recurso voltasse ao Fundo para futuras ações, sendo que 21 votantes optaram pela primeira opção e 2 pela segunda. Em seguida, iniciou-se a votação sobre os valores das captações, sendo que 22 optaram para padronização dos recursos e 2 votaram para não alterar o que foi proposto. Após a votação, Pedro deu andamento na leitura do Plano de Aplicação, informando o item 5 com o “Saldo financeiro”. Houve a observação que irá ter uma pequena alteração devido à padronização dos valores das capacitações.


Saldo das Contas – 31/12/19

R$ 51.635.520,16

(-) Restos a pagar – Exercício 2019

R$ 17.150,00

Saldo contábil

R$ 51.618.370,16


Despesas programas, deliberas para o exercício de 2020, com base na disponibilidade financeira:


Ação 2.697 (Subação 0001)

R$ 736.447,03

Ação 2.697 (Subação 0002) – Edital 001/2017

R$ 2.537.210,31

Ação 2.697 (Subação 0002) – Edital 001/2018

R$ 7.817.873,39

Ação 2.697 (Subação 0002) – Edital 002/2018

R$ 16.730.899,69

Ação 2.697 (Subação 0002) – Edital 001/2019

R$ 7.760.261,68

Ação 2.697 (Subação 0002) – Provisões

R$ 6.049.745,69

Ação 2.697 (Subação 0002) – Governamental

R$ 5.337.290,27

Ação 2.697 (Subação 0004)

R$ 3.606.101,40

Total

R$ 50.575.829,46


Após a finalização da apresentação do Plano de Aplicação, Fernanda abriu o regime de votação, sendo que 24 pessoas votaram a favor da sua aprovação. Com a finalização, a plenária foi conduzida para o próximo item da pauta, a matéria da Comissão de Seleção.

Matéria da Comissão de Seleção - Hélio informou que seria votado um aditivo, Parecer 01/2020, do projeto 1º Encontro Longeviver do grupo Meninas de Sinhá, no valor de R$ 198.180,80 captado em 2019. Por isso, o aditivo pede a dilatação do prazo de execução em seis meses. Luciana e Flávio, da Comissão de Seleção, informaram quais ações seriam ampliadas com o novo aporte e que a Comissão foi favorável ao parecer. Fernanda abriu o regime de votação e o aditivo foi aprovado com 24 votos. Cronogramas 2020 - publicação de entrega de projetos - Logo após a votação, Hélio informou que o prazo para a entrega do Plano de Trabalho e documentos de formalização da parceria, editais 001/2019 e 002/2018, provavelmente será de 27/02 a 11/03/2020. Os prazos corretos serão enviados para as instituições contempladas. Após a sua fala alguns informes foram dados e, em seguida, Fernanda encerrou a plenária. A reunião contou com um quórum de 25 (vinte e cinco) conselheiros votantes e 44 (quarenta e quatro) entre convidados e colaboradores, e 05 (cinco) servidores da Secretaria Executiva. Os conselheiros Marcos Fontoura, de Oliveira (BHTRANS), Flávia Moura de Oliveira (SUDECAP), Tomas Alexandre Ahouagi (BHTRANS) e Monica Tavares (SMC), justificaram suas ausências. Os Conselheiros e demais participante assinaram o livro de presença nas folhas de número 24 (vinte e quatro) frente a 29 (vinte e nove) verso, sendo que as páginas 24 (vinte e quatro) verso e 25 (vinte e cinco) frente, foram canceladas. Nada mais havendo a tratar, eu Marcela Giovanna, conselheira representante da sociedade civil (Cemais) e 1ª secretária da Diretoria do CMI/BH, lavro essa ata.

versão de impressão  Voltar
.
Calendário ano de:
pesquisa
   Assunto:
   
   Critério:
   Com todas as palavras
   Com a expressão
   Com qualquer uma
     das palavras
 
   Período:
   data inicial
   data final  
.
pesquisa avançada