DOM - Diário Oficial do Município
Thursday, October 17, 2019
Ano XXV - Edição N.: 5879
Poder Executivo
AA-Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão

ATO DE NOMEAÇÃO – EDITAL 03/16


ATO DE NOMEAÇÃO


O Prefeito de Belo Horizonte nomeia para o cargo de PROCURADOR MUNICIPAL, Edital 03/16, homologado em 23/03/2018, nos termos do subitem 12.5.1 do referido Edital e do art. 11, inciso I, da Lei n.º 7.169 de 30/08/96, o candidato abaixo listado, em cumprimento à decisão judicial proferida nos autos da Ação Ordinária n° 9009678-44.2018.8.13.0024:


PROCURADOR MUNICIPAL

Candidato com deficiência atendendo ao disposto no art. 5º da Lei nº 6.661/94:

Classificação

(com deficiência) Classificação

(ampla concorrência) Nome

1º lugar 52º lugar Luiz Roberto Paciarelli


Belo Horizonte, 16 de outubro de 2019.


Alexandre Kalil

Prefeito de Belo Horizonte

André Abreu Reis

Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão


CONVOCAÇÃO PARA POSSE


A Subsecretária de Gestão de Pessoas convoca o candidato nomeado no ato acima para o cargo efetivo de PROCURADOR MUNICIPAL a comparecer no dia, horário e local indicados pelo Setor de Ingresso/Posse para iniciar os procedimentos de posse, munido dos formulários e documentos indicados no Portal de Informações e Serviços da PBH (http://portaldeservicos.pbh.gov.br) / Destaques/ Posse – Cargo Efetivo.

O candidato deverá apresentar toda a documentação, bem como atender todos os demais procedimentos exigidos no Edital, em tempo hábil para viabilizar sua posse no prazo de 20 (vinte) dias contados a partir do primeiro dia útil subsequente ao da publicação da nomeação, conforme estabelecido no art.20 da Lei nº 7.169/96, sob pena de perda do direito.

O candidato deverá realizar os exames admissionais descritos abaixo, às suas expensas:

O exame admissional constará de:


•exames laboratoriais: hemograma completo, glicemia de jejum, urina rotina;

•avaliação clínica oftalmológica com acuidade visual com e sem correção, biomicroscopia, fundoscopia, tonoscopia e conclusão diagnóstica;

•avaliação clínica ocupacional, com médico do trabalho ou clínico capacitado, sob supervisão do serviço médico oficial do município, que definirá pela aptidão ou inaptidão, seguindo os protocolos específicos a seguir relacionados. O médico examinador poderá solicitar os exames complementares que julgar necessários para conclusão de seu parecer e também relatórios de médicos assistentes


Belo Horizonte, 16 de outubro de 2019


Fernanda de Siqueira Neves

Subsecretária de Gestão de Pessoas



versão de impressão  Voltar
.
Calendário ano de:
pesquisa
   Assunto:
   
   Critério:
   Com todas as palavras
   Com a expressão
   Com qualquer uma
     das palavras
 
   Período:
   data inicial
   data final  
.
pesquisa avançada